21.7.15

[Tradução] RUKI A TO Z INTERVIEW (Stuppy Vol.1)

Leia abaixo a tradução da seção da revista Stuppy Vol. 1, lançada em Abril de 2014, onde foram feitas perguntas para o Ruki sobre vários temas.
Uma das partes da tradução (letras A, B e C) foi feita pela Gabriela L., do Japonês para o Português. A partir da letra "D", eu traduzi pela tradução Japonês/Inglês da missverypink.

RUKI  A TO  Z  INTERVIEW (Stuppy Vol.1)

Tradução Japonês-Português: Gabriela L. (Letras A, B e C)

-----

A - ANGER (Raiva)

Eu tenho a impressão de que você é uma pessoa que não fica brava muito frequentemente.
É bem isso. É porque eu não sou o tipo de pessoa que desconta a raiva nos outros quando fico bravo. Mas eu sempre fico bravo sim (risos). Geralmente quando eu fico bravo, quando as coisas não vão do jeito que eu queria, pra mim é impossível lidar com isso e eu perco a cabeça. Por isso, meu jeito de ficar bravo é meio infantil. Por isso eu tento me controlar e pensar “nossa, é muito criancice ficar bravo por isso”, eu tento me orientar (risos). Mas a coisa que mais me deixa bravo é quando tomam decisões por conta própria sem eu saber. Em situações assim, não consigo de jeito nenhum [evitar ficar bravo]. Mesmo sabendo que é só um obstáculo, eu não consigo evitar. Eu sou meio cabeça dura assim.

B – BABY (Criança)

Você gosta de crianças?
Eu gosto de crianças. Como eu não tenho filhos eu não estou acostumado, mas pelo que eu vejo de crianças eu gosto. Às vezes quando fico sozinho com alguma criança no elevador do meu prédio, eu sou o tipo de pessoa que acena pra ela (risos).

Hahaha. Você tem irmãos?
Eu tenho um irmão mais velho. Por isso desde muito tempo atrás eu queria muito ter um irmãozinho ou irmãzinha.

Que tipo de criança você era?
Sempre do mesmo jeito. Eu não mudei absolutamente nada. No ensino fundamental e médio, eu não mudei nadinha.

Assim parece meio desinteressado (risos).
Hahahaha. Sim sim, algo meio desinteressado mesmo (risos). Totalmente um tipo sanguíneo B. Do tipo que não se interessa por muita coisa. Que não tem muito interesse em pessoas. Que não tem interesse em nada além das pessoas que acha interessantes, e que não se interessa por nada além das próprias coisas. Porém, eu tenho interesse no que as pessoas pensam e suas opiniões.

C – COOK (Cozinhar)

Você cozinha?
Não. Mas eu me atraio por homens que cozinham. É bem comum que mulheres cozinhem, mas por exemplo tem cafés em que quem faz a comida são os homens, né? Quando vejo essas coisas eu acabo pensando “Será que essa pessoa também cozinha na própria casa?”.

E qual seu menu favorito?
Massas em geral. Eu adoro macarrão. Gosto muito desses que têm certa consistência. Eu sou do tipo de pessoa que tem frescura com a espessura do macarrão. Não gosto do macarrão mais fino, eu gosto do meio termo.

Mais ou menos o número 11?
Hmm não... Tipo o 9 (risos).
[N.A.: No Japão quando você vai em lugares de comidas com macarrãozinho, tipo lámen, você pode escolher a espessura do fio do seu macarrão]

E qual seu macarrão favorito?
Molho genovês. Adoro!

--------------------------

RUKI  A TO  Z  INTERVIEW (Stuppy Vol.1)

Tradução Japonês-Inglês: missverypink (Letras de D até Z) - Parte 1 | Parte 2
Tradução Inglês-Português: Ruby (Denise)

[As partes que tiverem com interrogação entre colchetes, "[?]", são as partes que a missverypink não teve certeza da tradução, então talvez elas estejam meio confusas.]

-----

D – DEPTH (Profundidade)

Em que coisas você normalmente pensa de maneira profunda?
Acho que algo como: “que tipo de pensamentos e ideias aquela pessoa tem?”. Depois de prestar atenção nas pessoas, eu penso comigo mesmo “no que aquela pessoa estava pensando naquela hora?” E aí, por exemplo, no dia seguinte, eu gosto de perguntar a elas “no que você estava pensando ontem naquela hora?” Não é que eu esteja com pena dela, eu só quero saber o que aquela pessoa estava sentindo. Na verdade isso é parecido com escrever músicas. Eu gosto de refletir a respeito das maneiras de pensar das pessoas em certos momentos. É por isso que às vezes eu olho os Twitters das pessoas e penso comigo mesmo “aquela pessoa não diz exatamente o que ele ou ela está pensando”. Eu acabo ficando desconfiado sobre o outro lado dos pensamentos e visões das pessoas.

Então você realmente se interessa por conversas filosóficas, não é?
Me interesso sim. Eu amo. Esses tipos de conversas são extremamente interessantes, não são? Eu não analiso os membros a esse ponto, mas acho que realmente tem vezes em que eu penso sobre o Aoi-san, ou o REITA.

E - ENCORE

O que é encore pra você?
Mais do que pensar sobre o que ele é pra mim, eu sempre penso sobre o que o encore é para os fãs. Eu fico me perguntando se eles estão dando o encore como garantido agora. Sério, eu acho sim que eles ficam muito felizes quando nós fazemos um encore. Mas agora como a sensação é a de que se torna um LIVE quando nós incluímos o encore, às vezes eu me pergunto se isso é um pouquinho diferente [?]. Quanto a mim, eu só acho que eu quero que seja um momento onde as pessoas possam genuinamente aproveitar, sabe.

F – FAN (Fã)

O que você acha da existência dos fãs?
Acho que eles são bons fãs. Eles são o tipo de fãs que realmente gostam deles mesmos. Quero dizer, eles são fãs apaixonados. E eles retweetam muito no Twitter (risos). Acho que eles realmente nos amam.

G – GOAL (Objetivo): 

Um objetivo de vida de acordo com você?
Objetivo de vida? Vamos assumir que haveria um momento em que nós desistiríamos da banda, esse não seria o meu objetivo de vida e a sensação é a de que isso também seria algo como suspensão das atividades [?]. Hm, me pergunto o que possa ser. Bem, eu acho que objetivo de vida é o momento em que você morre, não é? Mas acho que a melhor coisa é quando aquele objetivo é bom, sabe. Mas eu acredito em samsara [ciclo infinito de morte e renascimento] e eu penso no que eu serei quando eu renascer? (risos)

O que você quer ser quando renascer?
Gostaria de ser humano de novo. (risos)

Você acha que iria querer seguir o caminho da sua própria vida de novo?
Acho que se eu fosse viver essa vida mais uma vez, eu desejaria ter a minha mente e minha forma de pensar de agora, desde o comecinho.
 
E os seus objetivos como músico?
Acho que não tenho nenhum. Porque eu acho que se o meu interesse por música desaparecer, seria o fim. Se eu perder o meu interesse por música, eu faria a delimitação sem hesitar.

H - HOROSCOPE (Horóscopo)

Você acredita em cartomancia/adivinhação?
Não. E eu sempre acabo pensando “por que as pessoas que acreditam nisso, acreditam nisso?”

I – IDEA (Ideia)

Em que momento você tem inspiração e ideias para composições, arranjos, apresentações, etc.?
Às vezes elas aparecem de repente na minha mente, quando eu estou conversando tipo agora. É como se eu já soubesse, quando eu menos espero, e a partir daí, a inspiração vem sem parar, a sensação é essa.  Mas se eu digo pra mim mesmo para pensar em algo e produzir algumas ideias na frente do computador, não vem nada na minha cabeça. Então, eventualmente eu acabo perdendo tempo na internet olhando roupas e tudo mais (risos). Isso não é nada bom, né? (risos)

J – JOURNEY (Viagem)

Se você fosse viajar, para onde você iria?
Eu quero ir para Cancún, no México. Eu amo muito o oceano. Se eu tivesse uma semana de férias nesse momento, eu iria pra lá sem hesitar. No mar caribenho, o oceano é sempre um azul profundo. E o clima é bom também. E eu teria uma cama na água. Isso seria tão bom! Mas eu nunca me bronzeio. Eu uso protetor solar, além de spray, para que eu possa me proteger perfeitamente (risos). Em Janeiro desse ano eu também fui para Perth, na Austrália. Sim, o oceano é mesmo demais, né.

K – KIND (Gentileza)

Em que momento você sente a gentileza das pessoas? 
Isso também é algo similar à minha forma de pensar, eu não sinto exatamente a gentileza em tempo real.  Por exemplo, quando alguém presta atenção no que eu preciso e me dá uma bebida que eu amo muito, naquele momento eu só digo “Ah, obrigado”, mas quando eu volto pra casa, eu começo a pensar “Será que aquela pessoa procurou saber antes que eu gosto daquela bebida?” e gradualmente reflito sobre a gentileza daquela pessoa. É assim que eu sou. Ou tipo quando as pessoas trazem presentes (de suas viagens). Eu penso em como elas pensaram mesmo em mim no momento em que compraram o presente, sabe. É aí que eu sinto a gentileza delas. Eu também sinto a gentileza dos fãs, quando eu estou lendo as cartas deles. Me pergunto o que eles estavam pensando quando estavam escrevendo e eu fico apenas grato. Ou quando eu estava doente e alguém me deu sais de banho, isso também fez com que eu sentisse a gentileza daquela pessoa.

L – LIFE (Vida)

Você leva uma vida decente?
Eu sou desleixado com a minha saúde (risos). Na noite passada eu fui dormir por volta das 2 da manhã e isso é cedo. Porque normalmente eu sempre vou dormir depois que fica claro. Nessas horas, quando eu não tenho que trabalhar no dia seguinte, eu acabo dormindo até de noite. Basicamente eu não consigo pegar no sono, especialmente quando nós estamos em turnê. Eu fico pensando nos LIVEs e tudo mais e não consigo dormir de jeito nenhum.

M – MIRACLE (Milagre)

Você acredita em milagres? 
Sim. Mas eu acho que milagres acontecem demais, então esse é o estágio que eu gosto. [?] Quando um milagre acontece, eu adoro pensar “por que isso aconteceu?”. Por exemplo, quando você consegue pegar suco da máquina de vendas. Ou quando um LIVE dá muito certo, eu acabo pensando “por que isso aconteceu?” e eu sinto como se tivesse que ter um motivo. “Foi bom eu ter dormido tão bem ontem?!", ou “Será que eu tive sorte de ter tido uma noite tão boa de sono?”. Eu acho que ganhar na loteria ou no bingo são só coincidências e acontecem por acaso, mas quando um LIVE acaba indo muito bem, não é só coincidência. É um milagre. É o tipo de milagre que faz com que você queira descobrir o motivo pelo qual você nasceu.

N – NIGHT (Noite)

O que você faz à noite? 
Eu trabalho em designs e tudo mais.  Não designs que eu tenho que entregar em breve, mas designs pelos quais eu tenho um interesse pessoal.

Você realmente gosta disso, não gosta?
Completamente. Ou eu faço coisas na internet. Brinco com o meu cachorro. O Koron (esse é o nome do meu cachorro) não dorme. Minha cama em casa é um pouco alta e quando eu estou dormindo, ele quer que eu o note e cuide dele, então ele realmente dá o seu melhor e fica andando perto da cama. Sempre que ele faz isso, suas unhas encostam no chão e fazem aquele barulhinho “chaka chaka chaka”. Quando eu escuto esse som, eu acordo. E aí eu dou uma mão pra ele e ele sobe na cama. Então quando eu o deixo subir na cama, nós dormimos juntos, um do lado do outro. E nós fazemos isso praticamente todos os dias. A temperatura do corpo dele é bem quentinha nas noites de inverno. Mas no verão é abafada.

O – OVERSEAS (Exterior)

Você gosta do exterior?
Exterior? Acho que há muitos lugares a serem descobertos. Eu não acho que iria querer morar lá. Eu amo o Japão. E aqui é tão limpo também. Eu não gosto muito dos banheiros e do cheiro dos quartos no exterior.

E se fosse só pra estudar no exterior por um curto período de tempo?
Talvez no Hawaii, ou na Coréia do Sul. Algum lugar que não fosse muito longe do Japão.

P – PHONE (Telefone)

Pessoas para quem você liga com frequência?
Eu não ligo. Acho que homens têm aquela imagem de que não falam muito no telefone. No caso das garotas, eu realmente me pergunto por que elas sempre ficam tanto tempo no telefone. Isso é um mistério, não é? Eu acho que é porque para os homens, o telefone é só uma ferramenta para entrar em contato com as pessoas.

Q - QUIET (Silêncio)

Há momentos em que você gosta de silêncio? Ou momentos em que você quer ficar sozinho?
Quando nós estamos gravando, normalmente tem muitos membros do staff por perto, mas eu sou muito bom em ficar sozinho na minha cabeça, fazendo com que eles desapareçam na minha mente. E também quando nós estamos ensaiando, eu consigo fazer com que eu sinta que não tem ninguém ali além de mim.

Mas isso não quer dizer que você esteja rejeitando todo mundo, né?
É. Não é que eu esteja de mau humor e não deixe que as pessoas se aproximem de mim, ou que eu faça com que esses tipos de situações fiquem piores, é que é estritamente algo da minha esfera pessoal, uma coisa que acontece dentro de mim. Eu sou o tipo de pessoa que consegue rapidamente mudar dentro de mim mesmo, então eu não peço expressamente por silêncio, ou por um tempo sozinho.

R – ROOM (Cômodo)

Qual é a casa/cômodo ideal para você?
Eu não quero ter apenas um cômodo grande. Eu quero vários deles. E eu quero que todos eles sejam diferentes. Um cômodo distinto para os meus hobbies, um cômodo onde eu tivesse facilidade para trabalhar, um quarto onde desse para ver o céu à noite, uma sala de estar e eu iria querer um cômodo estilo Japonês, onde eu prestasse bastante atenção nos detalhes mais finos. Algo desse tipo seria legal. Acho que acima de tudo, eu realmente quero aquele cômodo único estilo Japonês. E isso não tem nada a ver, mas ultimamente eu ando interessado em espadas Japonesas, e estou extremamente interessado nas que eu assisti no YouTube. Então acho que eu também quero um cômodo para colocar uma coleção de espadas Japonesas.

S – SMELLS (Cheiros)

Tem algum cheiro que você goste?
Tem sim. O cheiro de antes do inverno chegar. Eu realmente gosto do cheiro de olivas perfumadas. Ou sempre que eu sinto aquele cheiro doce do frio, do ar gelado, as palavras “Aah, o inverno está quase chegando!” saem da minha boca instintivamente. E eu também amo aquele cheiro doce de antes da primavera chegar.

T – TEAR (Lágrimas)

Quando você chorou ultimamente?
Recentemente, quando nós estávamos em turnê, eu assisti um programa do hide-san no YouTube e chorei. Eu estava assistindo enquanto pensava "Já faz tanto tempo, né?". Enquanto estava assistindo, eu lembrei de muitas coisas, pensei na minha própria idade [?] e espontaneamente acabei chorando. Eu mesmo me surpreendi. As lágrimas estavam lá escorrendo pelas minhas bochechas.

Era um LIVE?
Sim, um LIVE. [?] Eu não sei, eu acabei pensando sobre várias coisas diferentes, tipo "No que será que o hide-san estava pensando?"

U – UFO (OVNI)

Você acredita em OVNIs?
Não só acredito neles, como na verdade eu já vi um. É verdade. Eu não vi errado, ou algo do tipo.

Não foi só o reflexo da luz, ou algo assim?
Não. Você pensaria assim. Tipo, isso só pode ser um engano. Teve um brilho e aí ele desapareceu. Além do mais, não era só um. Tinham 4. Apareceu uma luz vermelha forte. É verdade, eu juro. Eu não estava sozinho quando vi, meus pais também viram. Ele não estava pro lado do mar e sim na direção das montanhas. E ele não fez o barulho que um avião teria feito. Definitivamente era um OVNI! Mas sabe, embora eu acredite em OVNIs, é difícil acreditar que há outras pessoas vivendo no universo.

Bem, alguém devia estar dirigindo aquele OVNI, não é?
É por isso que é tão misterioso, não é?

Essa forma de pensar é que é bem misteriosa.
Não. Não é o que eu quero dizer. Vamos assumir que realmente existam pessoas morando no universo, você acha que elas seriam capazes de dirigir/operar um OVNI?

Bem, OVNIs voam porque alguém é capaz de operá-los, certo? Apesar de que acho que isso nunca foi assunto daquelas conversas que se estendem em controvérsias e debates. (risos)
Não, na verdade esse assunto é bem importante e essencial. Eles falam que há muitas criaturas no mar profundo, sobre as quais nós ainda não sabemos nada. Você sabia que dizem que há criaturas com forma humana no mar profundo? Não importa qual seja a sua perspectiva, é meio que aliado (risos) a algo do tipo “não seria super assustador se criaturas desse tipo existissem de verdade?” [?]. Mas eu pessoalmente amo criaturas assim. Não consigo evitar, é que eu sou muito interessado em maçonaria assim, esse é o motivo.

V - VALENTINE

Uma memória do Valentine’s Day [dia dos namorados]?
Hmm, acho que eu só recebia o de sempre. Aquele presente de chocolate obrigatório (diferente de um chocolate dado a um garoto em razão de um sentimento genuíno).

Presente de chocolate obrigatório?
Definitivamente. Aquele chocolate obrigatório que as pessoas te dão por educação. Porque eu acho que quando eu era pequeno, uma garota me deu chocolate no Valentine’s Day e aquilo com certeza foi por status [?]. A vida é assim. Eu lembro que teve uma vez quando eu estava no ensino fundamental, que uma menina da minha vizinhança, que era minha amiga de infância, levou alguns daqueles chocolates obrigatórios até a minha casa.

Bem, se ela teve o trabalho de ir até a sua casa, não foi exatamente por obrigação, foi?
Não, definitivamente era chocolate obrigatório. Porque embora eu gostasse de “Kit-Kat”, ela me trouxe “Apollo” (risos).

Então se fosse um chocolate dado por um sentimento genuíno, ela saberia o seu chocolate preferido, certo?
Exatamente (risos). Ah, bem, é uma memória meiga.

W – WAR (Guerra)

E memórias de brigas/discussões?
Brigas, eu gosto de assisti-las.

Essa preferência é desagradável, não?
Ahahaha. Quero dizer, você não fica curioso? Tipo, “como essa briga vai se resolver?”. Frequentemente aparecem pessoas brigando nas esquinas das ruas, não é? Sempre que eu vejo pessoas fazendo isso, eu acabo assistindo. Me perguntando como aquela briga vai acabar. Ou então,  sabe aquelas pessoas que se queixam e reclamam dos balconistas nas lojas de conveniência? Elas dizem algo do tipo “o que diabos você está dizendo?” e tudo mais, e eu sempre penso comigo mesmo “como esse balconista vai resolver essa situação?”, vou até um cantinho e fico escutando cuidadosamente a discussão deles (risos).

Ok, esse hobby tá ficando cada vez mais desagradável à medida que nós prosseguimos (risos).
Ahahaha. Sim, é verdade. Mas sabe, não é que eu me sinta bem com brigas. Mas não é incrível que você possa se sentir relutante sobre alguma coisa que não tem nada a ver com você? É algo que não está acontecendo com você e mesmo assim você fica com um sentimento desconfortável. Eu só acho que isso tem uma aura bastante negativa.

Então você acaba analisando isso também?
Sim. Tipo, “estão falando desse jeito com aquele balconista, mas o que será que ele/ela está pensando?”. Basicamente, eu apenas gosto de pensar e refletir sobre as coisas (risos).

X -  X-DAY (O "DIA X")

O que é o DIA-X pra você? Por exemplo, o dia em que você morrerá, ou se casar, ou seu filho nascer?
Mais do que o meu próprio dia, eu penso com mais frequência sobre o DIA-X do Japão. O que vai acontecer? Em termos de economia, eu sinto que o que tiver que ser será, mas é tipo os vários assuntos sobre a destruição do meio ambiente, sabe. Quero dizer, está nos noticiários e as pessoas dão muita importância a isso, mas sempre tem algumas coisas que não são reportadas. É tipo “Ahn? Que fim levou aquela discussão?” e o assunto é apenas deixado ao acaso. Meio que parece que as pessoas estão esperando arejar e a memória do assunto desaparecer. Isso é assustador, né? Tipo “O que vai acontecer? E se é um assunto importante que diz respeito ao mundo, eles não iriam escondê-lo, certo?”. Ocasionalmente tem vezes que eu fico muito assustado. Não é como se aquele DIA-X se aproximasse sem que percebêssemos e eles anunciassem de repente, né? Mesmo assim, eu não acho que enquanto nós estivermos vivos, as coisas vão chegar nesse ponto, mas eu penso sobre o que vai acontecer com as crianças que estão nascendo agora e isso com certeza me assusta, sabe.

Y – YET (Ainda)

Algo que você ainda não pôde esclarecer/depurar até hoje?
Acho que eu não consegui produzir música que me faça pensar “agora eu posso parar.”

E depois que você tiver conseguido isso, você vai pensar “agora está bom de parar”?
Hmm. Tem vezes que eu penso “o que eu trato como realização?”, mas também tem vezes em que o ápice não está claro e é desconhecido, então isso é meio difícil [?].

Z – ZOO (Zoológico)

A capa do CD do BEAUTIFUL DEFORMITY estava coberta de animais, não é?
Sim. Aquele último filme que nós mostramos no final dos nossos LIVEs na turnê do BEAUTIFUL DEFORMITY passou uma impressão meio que de samsara [ciclo infinito de morte e renascimento], uma imagem onde 5 corpos se enroscaram. Tipo em um loop.

Entendo. Então isso também foi uma representação da vida. A propósito, você gosta de animais?
Sim, eu os amo. Os animais não falam né? [?] Isso é muito fofo, não? Eles agem como se quisessem dizer alguma coisa e eu acho isso tão fofo [?]. Tipo quando eles olham para você em silêncio e balançam a cauda. Eu acabo pensando “no que esse carinha está pensando enquanto balança o rabinho desse jeito?”. Não acho que eu os acharia tão fofos se eles pudessem conversar fluentemente, sabe.

Ahahaha. Essa forma de pensar é típica do Ruki.
Além disso, tem um animal que realmente chamou a minha atenção ultimamente. O feneco (mostra uma foto salva em seu telefone). [É essa raposinha aqui. Ruki postou fotos dela em seu Twitter. Veja aqui e aqui]

O que é isso? Um gato?
Não, é uma raposa. Ela também balança o rabo. São as partes mais fofas de um gato e um cachorro combinadas, né? E as orelhas são grandes e fofas também. Faz você pensar “existe mesmo um animal que reúne as melhores partes de ambos!?”. É muito fofo, não é? Agora eu quero ir em um zoológico que tenha fenecos. Esse é o meio maior sonho nesse momento (risos). Répteis, entretanto, são impossíveis. Insetos também. Odeio animais feios. Sempre acabo me perguntando o que eles devem pensar por terem nascido com aquela aparência.

O resultado? Você ainda está pensando nisso, né? (risos)
Sim, estou. (risos)

Espero que tenham gostado apesar da minha demora para traduzir, desculpe!

compartilhe nas redes sociais

Comente com o Facebook:

5 comentários:

Rukia Shima disse...

Na parte em que ele falou do Koron, soltei um "awwwnnn".
Ruki é um cara muito inteligente, é incrível como a cabeça dele está sempre ligada em mil coisas.
Obrigada pela tradução Senpai!

Ritsu disse...

Amei a entrevista *O* Principalmente a parte que ele fala sobre animais kkkkk Eu também realmente amo animais fofinhos *-* E aquela raposinha *O* tinha que ter para criar em casa cara *O* imagina *O*

Pe disse...

Mas que entrevista legal! O próprio Ruki rejeita o rótulo, quer parecer um cara "brutal" mas, ao lermos as entrevistas com ele, mesmo com a rejeição dele mesmo pelo "título", não dá pra pensar diferente... Rukinho, você é um FOFO :)

Obrigada pela tradução, Ruby!

нιroyυĸι ѕcнopenнaυer disse...

“Não. Mas eu me atraio por homens que cozinham.”��

нιroyυĸι ѕcнopenнaυer disse...

(͡° ͜ʖ ͡°)

Postar um comentário