Digite o que procura

Blog do Uruha (23/08/2017)

Compre o novo CD

TRACES 2

18.8.12

[Tradução] Trechos do documentário dos 10 anos

A ruki-candy traduziu alguns trechos do que os membros do the GazettE falaram nas entrevistas do documentário the GazettEは今、どこにいるのか? transmitido pela Fuji TV no dia 29/04/2012. Para quem não sabe, ou não teve a chance de assistir o documentário, clique aqui.

Veja abaixo as traduções dos trechos:

Documentário "the GazettEは今、どこにいるのか?" (Trechos das entrevistas)

Tradução Japonês-Inglês: ruki-candy
Tradução Inglês-Português: Ruby (Denise)

-----

Reita: “A verdade é que eu vim para cá usando uma camiseta. Seria legal se nós pudéssemos sair e fazer o live usando uma camiseta. Para uma banda de rock, sair de casa às 9 da manhã é algo inacreditável.”

Aoi: “Quando eu finalmente ando do anexo até o palco, eu me torno diferente do meu eu normal. É como se eu fizesse essa mudança quando a luz do palco se apaga. É por isso que às vezes eu ajo de maneira tão desordeira, ou emito tal voz."

Uruha: “Há muito tempo, a minha forma de pensar era… Como eu era jovem, no palco eu dizia coisas do tipo: eleve a sua voz mais e mais! Isso para criar um ambiente que permitisse que os fãs fizessem isso. Eu achava que como Gazette, eu queria ter uma imagem como essa, tipo a de uma banda perigosa. Ou que quando o Gazette começava, aquele local se tornava perigoso. Eu achava que isso era muito legal. Mas agora eu acho que isso não é tudo. Só isso não funciona. Quando você vai a um lugar grande, você precisa mostrar o poder da banda.”

Kai, sobre os fãs: “Isso é algo do qual eu posso me gabar sobre o the GazettE, tal percepção sobre o mundo é importante para mim. É a mesma coisa nos lives e nas composições. Eu acho que é um dos charmes do the GazettE. E não é uma coisa pra se fascinar, não é algo que possa se desgastar. Eu não tive nenhuma chance de ver os fãs como um fã. Mas se como parte da banda, como um membro da banda, você me perguntasse se eu poderia me apresentar em lives com apenas nós cinco, eu diria que é impossível. É o público que cria o calor e a atmosfera nos locais dos lives. Apesar de eu ter dito que é o público, eu acho que não é certo falar dessa forma. O sentimento de companheiro é mais forte do que o de público. Embora eu pense a respeito dos laços com os nossos fãs, há muitas vezes em que nós sentimos como se estivéssemos sendo testados. Ao ponto de termos sentido uma crise e acharmos que a banda ia acabar.”

Aoi: “Se nós não continuarmos nos desafiando, a paixão como banda desaparecerá. É por isso que quando uma turnê termina, nós escolhemos um local maior. Para dizer a verdade, é difícil assistir do lugar onde os fãs estão, porque é longe. Seria bom se apresentar em um lugar menor, mas talvez eu devesse dizer que nós fazemos os finais [das turnês] pelo bem de nós mesmos [como desafio]."

Parte onde eles entram no palco para o THE DECADE (a partir de 01:02:03 do vídeo):

Kai: "Fase rebelde, como sempre isso acontece com todos nós. Mas mais do que chamar isso de fase rebelde, foi porque nós tínhamos aquela confiança em nossas mentes."

Uruha: "Dentro desses 10 anos, há várias imagens rodeando o the GazettE e dentro de mim. Olhando para todas essas imagens, como eu imaginei, depois de ter feito isso por 10 anos, deixando todos os erros de lado e vindo para esse palco, eu sinto que eu vou conseguir. Esse foi o sentimento que eu tive."

Reita: "É um sentimento nítido de querer ir até o final. Bem, mesmo dentro do visual kei, mesmo entre as bandas de visual kei, há esse tipo de existência não mensurável. Como eu pensei, eu quero me tornar assim."

Aoi: "Eu quero estar no the GazettE por um longo tempo, eu quero criar mais coisas, eu quero fazer mais lives encorajadores. Acho que eu mesmo sou um fã, é por isso que eu continuo aguardando ansiosamente por isso."

Ruki: "Como eu pensei, após ficarmos de pé por 10 anos, nós estamos nos dirigindo para um recomeço novamente. Algo vai começar a partir daqui. A sensação é de que alguma coisa foi encerrada e nós teremos isso do nosso próprio jeito. De alguma forma, o the GazettE chegou mais uma vez. O sentimento é forte."

compartilhe nas redes sociais

Comente com o Facebook:

2 comentários:

Shiroki_D disse...

Obrigada pelo trabalho de ter traduzido isso Ruby <3 Achei muito bom podermos ler isso tudo que eles disseram, mesmo sendo trechos, são partes grandes e importantes do que eles disseram. Muito bom mesmo <3

E fica aquela sensação ótima, misturada com orgulho da banda, depois de ter terminado de ler, adoro isso xD

Anônimo disse...

Ahhhhh eu tinha pedido isso!Obrigada mesmo Ruby pela tradução!Assim como a Shiroki disse,realmente é maravilhoso a gente poder entender e ter uma idéia do que eles estão dizendo!Fiquei muito feliz de saber que eles nem pensam em desistir,The GazettE pra mim é um motivo de orgulho,é uma banda perfeita,os membros são ótimos além de lindos e as canções fascinantes!
Obrigada Ruby-san <3
By:Azumi-chan

Postar um comentário