Digite o que procura

Blog do Uruha (23/08/2017)

Compre o novo CD

TRACES 2

8.10.13

MTV81: the GazettE Strange Rock Music – Segment 2



O site MTV81 publicou a segunda parte da entrevista com o the GazettE. Além disso, foram publicadas imagens behind the scenes dessa entrevista. Veja abaixo o link para o vídeo, as fotos e a tradução e Português da entrevista.

the GazettE - Strange Rock Music – Segment 2
Fotos Behind the Scenes

Qual é a meta final da banda de vocês?

Ruki: Se falarmos sobre uma meta final, seria... Eu não sei se poderia chamar isso de satisfação, mas acho que nós continuamos a fazer música porque nós não conseguimos nos satisfazer. Eu não acho que nós queremos parar... Sabe o que eu quero dizer? Se eu falar sobre uma meta final, tudo o que eu consigo pensar é em coisas acabando...... Então não acho que tenhamos uma meta final.

Aoi: Nós nunca pensamos sobre isso.

Ruki: De certa forma uma de nossas metas pode ser vermos por quanto tempo nós conseguimos continuar com a nossa banda. Do jeito que as coisas estão agora, se nós fazemos um álbum, nós ficamos satisfeitos e se nós nos acostumamos com isso, nós fazemos lives. Nós apenas repetimos esse processo, né? Então as coisas provavelmente acabariam se nós pensássemos que não tem mais nada pra fazer, ou se nós ficarmos entediados.

Aoi: Algo que nós não temos... Eu não sei o que está faltando... Juventude?

Membros: (Risos)

Ruki: E estamina?

Membros: (Risos)

Se você olhasse para a sua banda de uma maneira objetiva, que tipo de banda ela seria?

Ruki: Objetivamente, eu provavelmente pensaria "Quem diabos são eles?".

Uruha: Eu acho que definitivamente é underground.

Ruki: Mas eu não sei como explicar isso... Independentemente de você estar se referindo ao mundo major, ou ao mundo indie, nossa música não é convencional, não é música "popular". Então seria bom se as pessoas pudessem entender isso. Tipo, "Ah, eu não sabia que esse tipo de banda existia.", "Eu não entendo isso", também estaria ok. Se a nossa estranheza for transmitida diretamente para as pessoas, para nós está bom.

E uma mensagem para os seus fãs, por favor!

Aoi: Na primeira metade desse ano, nós estávamos fazendo música e fazendo todo tipo de coisa, então nós não pudemos nos apresentar, mas... o nosso single já saiu e o nosso álbum vai ser lançado em breve. Depois nós faremos uma turnê mundial e depois disso, uma turnê no Japão. Nós nos apresentaremos muito mais e estaremos avançando, então eu adoraria se todos pudessem vir nos ver e escutar o nosso CD. Essa é a primeira coisa que eu gostaria de dizer. Eu estou muito empolgado para ver como as pessoas vão reagir, estou ansioso por isso.

Reita: Quando você vier em um de nossos lives, você não precisa estar entendendo completamente o the GazettE. Tem muita coisa sobre nós que você não vai conseguir entender a não ser que assista um live nosso. Então mesmo se você tiver um interesse momentâneo em nossa música, por favor, venha e assista o nosso show e vamos todos nos reunir. Acho que essa é a coisa mais feliz para nós. Então eu adoraria se vocês pudessem vir a um de nossos shows.

Ruki: Nós fizemos um novo álbum e um single e eu quero que as pessoas os escutem, porque eu acho que nós conseguimos produzir um ótimo trabalho. E já que nós conseguimos fazer umas músicas novas ótimas, eu acho que nós conseguiremos apresentá-las de maneira bem energética quando nós sairmos em turnê. Então eu adoraria se vocês pudessem vir nos ver.

Kai: Em termos de turnê mundial, faz seis anos desde a última vez que fizemos algo assim. Então eu sinto que quero tentar ir contra as expectativas que todos têm sobre nós-- no bom sentido. E com relação ao nosso álbum, bem, o álbum ainda não foi lançado, mas depois que ele sair, eu gostaria que as pessoas o escutasse e depois disso, eu quero que elas venham a um de nossos shows e vejam, escutem e sintam a nossa música. Eu gostaria de criar uma experiência juntos, como se todos estivessem nos ajudando a completar a experiência do live. Então, por favor, venham e curtam.

Uruha: Nós trabalhamos e fizemos música durante metade do ano e agora nós finalmente podemos chegar ao estágio central. Nós sentimos como se o ano tivesse acabado de começar para nós, então eu mal posso esperar para ver que tipo de lives nós teremos e eu acho que o ano de 2014 será marcado por essas experiências. Nós queremos fazer o nosso melhor para conseguirmos isso.

Membros: MTV81.

compartilhe nas redes sociais

Comente com o Facebook:

5 comentários:

Anônimo disse...

Amoooooo essas traduções! Ameeei os comentários! Nada de fim de banda!kkkkkkk
Obrigada Ruby-san

By: Azumi

JessYiskah disse...

É bem legal isso deles nunca se contentarem e acharem que já conquistaram tudo que podiam. Isso faz com que eles sempre se renovem o/

"Tem muita coisa sobre nós que você não vai conseguir entender a não ser que assista um live nosso" Concordo plenamente com o Reita, (aliás o Reita foi uma surpresa pra mim, ele é muito bom no palco! Os outros também são, mas é que eu nunca tinha ligado tanto pra ele, por isso ele me surpreendeu XD )

Obrigada pela tradução Ruby!

Sakura Tomura disse...

Humm é realmente bom saber disso. Não seria interessante fazer uma banda tão promissora como o the GazettE pensar em findar-se tão cedo. Afinal eles estão próximos do reconhecimento que uma grande banda tem, porém ainda conto com a possibilidade de eles evoluírem mais a sua música. Definitivamente não é a hora de acabar.
E nossa, todos esses comentários sobre o novo álbum me deixam um tanto ansiosa para ouvi-lo. Como eu já devo ter dito em algum outro post, para mim já é certo que o conceito seja bastante forte e bem trabalhado, porém eu não faço ideia de que tipo de música sairá, então eu quero ouvi-lo e espero ter uma grande surpresa, e que esta seja das melhores.
Obrigada pela tradução :)

~ Sakura

Anônimo disse...

Adorei o fato deles nunca terem pensado em "meta final". Isso mantem a banda viva, sempre disposta e motivada a criar novidades e avançar fronteiras musicais.
Que venham os 20/30/40/50 anos de GazettE como o Ruki falou no show Decade =D

Obrigada, Ruby!

Pe

Mira disse...

"Sabe o que eu quero dizer? Se eu falar sobre uma meta final, tudo o que eu consigo pensar é em coisas acabando...... Então não acho que tenhamos uma meta final."

A melhor resposta que o Ruki alguma vez poderia ter dado a esta pergunta.

E concordo plenamente, que venham mais 30/40/50 anos de the GazettE!! xD

Muito obrigado Ruby! :)

Postar um comentário