Digite o que procura

Blog do Uruha (23/08/2017)

Compre o novo CD

TRACES 2

20.6.12

ROCK AND READ 041 (Uruha) - Trechos da entrevista

Há um tempo, a @wlifers traduziu um pequeno trecho da entrevista que o Uruha concedeu à ROCK AND READ, publicada no volume 041. Nos trechos que ela traduziu, Uruha fala sobre como se sentiu antes do THE DECADE, realizado no dia 10 de Março de 2012 e sobre o que pensa sobre trabalho em equipe.

A GMaiden traduziu os trechos para o Português. Leia abaixo:

ROCK AND READ 041 (Uruha) - Trechos da entrevista

Tradução Japonês-Inglês: @wlifers (1 | 2)
Tradução Inglês-Português: GMaiden

-----

Entrevistador (E): Em relação ao "THE DECADE", no dia 10 de Março, como você se sentiu em relação à isso, no dia?

Uruha (U): Todos os membros estavam falando "estou nervoso, estou nervoso". Eu pensei, "hum, isso é raro" (risos), mas já que é o 10° aniversário então, como esperado, foi desse jeito. Ironicamente, quanto a mim, estou sempre nervoso, mas nesse dia eu inesperadamente não estava assim. Claro, eu estava nervoso, mas eu estava muito melhor do que sempre fico. Parecia que eu fiquei mais nervoso com os finais de turnês anteriores do que com esse live.

E: Aquele nervosismo do qual talvez você não possa escapar.

U: Eu acho que [esse nervosismo] não pode mais ser mudado. Claro que eu quero corrigir isso, mas (risos), eu acho que o melhor que pode ser dito [sobre isso] é "um nervosismo em um bom sentido".

... [Parte pulada]

U: Quando nervoso, tocar guitarra em si vai exigir muita energia, e todo tipo de deméritos estarão lá, mas dessa vez raramente aconteceu, mesmo quando eu estava nervoso funcionou em direção ao caminho correto?

E: Talvez você tenha olhado para o evento do 10° aniversário de forma relaxada?

U: Não, não foi assim (risos). No entanto, havia tantas músicas antigas, se eu precisasse re-pensar em todas elas seria impossível. Então eu tive o sentimento de "mesmo que eu erre um pouco está bem, certo?". Foi como, "Hoje vocês irão me perdoar um pouco, não é?!" (risos).

E: Mesmo que só por um pouco, gradualmente você se moveu em direção ao ideal de "eu quero ser assim", que você tinha imaginado há 10 anos atrás?

U: Sim. Na verdade, eu acho que a banda está se tornando assim. O the GazettE em si é constantemente a banda ideal?

E: Ouvindo você dizer isso, eu acho realmente incrível.

U: Sério? Quando você pensa na banda como um todo, você realmente consegue dizer isso fortemente (risos) "the GazettE é legal~", eu consigo dizer isso sem problemas, porém eu não consigo dizer "O Uruha é legal~" (risos). Como esperado, como uma equipe, é mais fácil ser atraído por uma equipe. Quando alguém diz "O the GazettE é legal", é porque como uma equipe de 5 pessoas, acho que "o ser legal" [se torna] real. Em relação aos nossos potenciais individuais, [tentamos] não nos concentrar nisso ou não temos interesse em buscar isso... Claro que em cada geração há indivíduos que se destacam, indivíduos que as pessoas chamam de estrelas, mas em termos de existência, se eu quero me tornar alguém assim ou não, não é do meu interesse, porque acho que fazer isso como uma equipe e ser legal, nos deixa em um estado de mais potência.

E: Você sempre pensou assim desde o começo?

U: Sim. Mesmo que eu não faça isso em uma banda, talvez porque eu sempre fiz parte de times, mesmo no futebol era assim. Em vez de fazer algo sozinho, fazer em equipe é muito mais difícil, há valor em fazer, e no final o resultado parece maior. Eu acho que há toneladas de grandes coisas [que você ganha fazendo como uma equipe]. Claro que em qualquer caminho há méritos e deméritos...

(...)

compartilhe nas redes sociais

Comente com o Facebook:

2 comentários:

Ruby disse...

Gente, mil desculpas pela demora. As meninas traduziram essas entrevistas (essa e a anterior) há um tempãããããoooooo! Mas eu estava muito enrolada desde Abril e só hoje eu desocupei, então só hoje fui revisar e publicar. Ainda tme mais uma pra postar. Apesar de já serem antigas, espero que gostem do trabalho delas ^^

kakasha disse...

ahhh,nao consigo ver nada do Decade que eu fico muito emocionada..muito mesmo ;;
Legal essa entrevista! tinha visto antes mas mesmo assim,entendi melhor agora. "estou nervoso, estou nervoso" Muito fofo eles nervosos antes desse live,so de imaginar lembrei um pouco do backstage do nslb02. E,eles definitvamente nao eram os unicos nervosos xD

ohh e nao se preocupe Ruby!
muito obrigada por postar e eu to gostando sim *u* <33

Postar um comentário